Trio acusado de matar policial dentro de bar é absolvido por júri popular

  • 11/07/2024
(Foto: Reprodução)
Fabrício Tinoco, Jefferson de Lima Santos e Demétrio Barbosa dos Santos foram levados a júri popular. Alegação da defesa de falta de provas que comprovem a autoria do crime foi acatada pelos jurados. À esquerda, policial civil Alberto Gomes dos Santos, que foi executado em Santos (SP). À direita, Palácio da Polícia Civil onde fica o 1º DP da cidade. g1 Santos e Matheus Tagé/Jornal A Tribuna Três homens, acusados de matar um policial civil a tiros dentro de um bar em Santos, no litoral de São Paulo, foram absolvidos pelo Tribunal do Júri. O julgamento de Fabrício Tinoco, Jefferson de Lima Santos e Demétrio Barbosa dos Santos aconteceu quase 10 anos após o crime. ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp. O caso aconteceu em 21 de dezembro de 2014, dentro do estabelecimento da família da vítima, no bairro Castelo. Alberto Gomes dos Santos, de 64 anos, foi atingido com um tiro na cabeça e outro no peito. Ele chegou a ser levado ao Pronto-socorro da Zona Noroeste, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o inquérito policial, obtido pelo g1, as investigações apontaram que Fabrício tinha um irmão menor de idade que morreu ao resistir a uma abordagem, enquanto roubava um comércio ao lado do da família de Alberto. Não há informações, porém, se foi o policial que atirou contra o adolescente. Ainda segundo as investigações, Fabrício teria discutido com Alberto no bar para mostrar aos comparsas quem seria a vítima. Cinco minutos depois, Jefferson teria segurado o policial para Demétrio atirar contra ele. Quase dez anos após o crime, o trio foi levado à júri popular. As defesas alegaram falta de provas para comprovar a autoria do crime e o corpo de jurados concordou. Como o Ministério Público (MP) não quis recorrer a decisão, Fabrício, Jefferson e Demétrio foram absolvidos e o processo foi arquivado. O que diz a defesa dos absolvidos? Em nota, o advogado Fabio Hypolitto, responsável pela defesa de Jefferson e Demétrio, informou que coube a ele manifestar pela absolvição dos réus devido à falta de provas e a negativa dos absolvidos sobre a autoria do crime. "Ensejando pôr fim a absolvição dos supostamente envolvidos, conforme articulava a acusação do MP [Ministério Público] há quase uma década", afirmou Hypolitto. O advogado destacou ainda que lamenta a morte do policial Alberto. "A violência jamais foi a solução e é fundamental que busquemos um diálogo respeitoso e pacífico em nossa sociedade", disse ele. O g1 tentou contato com a defesa de Fabrício, mas não a localizou até a última atualização desta reportagem. O crime O caso aconteceu em 21 de dezembro de 2014, no bairro Castelo, em Santos. Alberto Gomes dos Santos, de 64 anos, foi executado dentro de um bar que, segundo testemunhas, pertencia à família dele. De acordo com o inquérito policial, Fabrício tinha um irmão menor de idade que morreu ao resistir a uma abordagem, enquanto roubava um comércio vizinho ao de Alberto. O homem teria discutido com a vítima no bar e, cinco minutos depois, Demétrio e Jefferson chegaram no local. Ainda segundo o documento, Demétrio teria efetuado dois disparos, enquanto Jefferson revistou o policial e o segurou para evitar que ele fugisse ou reagisse. Um tiro atingiu a cabeça e outro o peito da vítima, que foi levada ao Pronto-socorro da Zona Noroeste, mas não resistiu aos ferimentos. Os homens fugiram e só foram identificados posteriormente. Ao serem localizados, a Justiça permitiu que eles respondessem o processo em liberdade. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da cidade. VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

FONTE: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2024/07/11/trio-acusado-de-matar-policial-dentro-de-bar-e-absolvido-por-juri-popular.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes